Heráldica

Brasão
Escudo de azul, aqueduto de prata lavrado de negro, movente dos flancos, encimado por um ramo de oliveira de prata, frutado de ouro; em ponta três faixetas ondadas de prata e azul.
Coroa mural de prata de três torres.
Listel branco, com a legenda a negro: “OLIVEIRA DO DOURO”.

(Parecer da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses: 09.12.1999
Aprovado em Assembleia de Freguesia: 14.01.2000
Publicado em Diário da República: 08.02.2000)

A sua simbologia:
O fundo em azul é uma referência ao Rio Douro.
Os Arcos correspondem ao ex-líbris da Freguesia, os Arcos do aqueduto do Sardão, aqueduto do Século XVII/ XVIII, mandado construir pelo avô de Almeida Garrett, José Bento Leitão, para abastecer de água a Quinta do Sardão.
O ramo de Oliveira é uma referência ao nome da Freguesia e à árvore que terá existido em grande quantidade, e que por isso originou o nome da Freguesia.
O ondeado na parte inferior do brasão é uma referência ao rio Douro, que delimita a Freguesia no Areínho.

(COSTA, Paulo e VASCONCELOS, Hugo – Brasões de Gaia – Uma só alma. Vila Nova de Gaia: DH Debater a História, 2013, p. 63.)

Bandeira
Branca. Cordão e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro;

Selo
Nos termos da lei, com a legenda: “Junta de Freguesia de Oliveira do Douro – Vila Nova de Gaia”.